Agricultura de precisão.

0
0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Filament.io 0 Flares ×

O conhecimento total da área para cultivo  pode ajudar muitos produtores a aumentar o rendimento em até 67%, e a agricultura de precisão oferece ferramentas e tecnologias que possibilitam esse conhecimento.
A técnica é composta por um sistema de gerenciamento agrícola que se baseia no espaço tempo da unidade produtiva, com essas informações é possível a exploração de todo potencial o sistema produtivo de mais eficaz completa. aumentando a lucratividade, a sustentabilidade e diminuindo o impacto ambiental.
No Brasil, a AP, como é abreviada a técnica de Agricultura de Precisão, foi introduzida no início dos anos 90, por meio da utilização de máquinas agrícolas com receptores GNSS (Global Navigation Satélite System), computadores de bordo e sistemas que possibilitavam a geração de mapas de produtividade. Os estados que mais usam a AP atualmente são Goiás, Mato Grosso, Paraná e Rio Grande do Sul.01_ams_receiver_10_11_1_r2b003972_N_762x458
Para o agronegócio brasileiro a Ap é importante, pois através do sistema é possível gerar estratégias que resolvem os problemas como a desuniformidade nas lavouras, as práticas podem ser desenvolvidas em diferentes níveis de complexidade, tendo finalidades diferentes ou complementares.
O Sistema de precisão disponibilidade dados completos de todos os processos e setores, em quantidade e riqueza de detalhes, dados específicos que reduzem as incertezas e fazem da s decisões assertivas reduz os ricos, aumentam a produtividade os lucros.
Este é um diferencial importante para garantir a competitividade e sustentabilidade do agronegócio brasileiro, uma vez que estudos informam que a combinação destas tecnologias agrícolas pode aumentar o rendimento global das lavouras em até 67%.

Comentários no Facebook

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Filament.io 0 Flares ×